domingo, 13 de novembro de 2005

circunstâncias


Estava a ouvir-te falar tão atentamente que nem reparei que estava sozinha.

Engoliste o café e saiste pela avenida fora, jornal debaixo do braço e planos para serem escritos no momento.

Esta cidade engole-me a cada passo que dou, como se soubesse que não pertenço aqui.

Vim aqui para te ouvir, para saber de ti e só me olhas como se visses uma estranha.

1 comentário:

dwainingals6503 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. So please Click Here To Read My Blog

http://pennystockinvestment.blogspot.com